CABECERA IMAGENES

Sendeirismo - SUBIDA AO MONTE DO QUINXO


Caminhantes - Blacbay - Freitas - Paulo - Zeca - Robiin - Vasco - Luis Filipe



     A minha primeira caminhada. Já tinha feito uns passeios de poucos Kms, mas a sério, organizada, convidando alguns amigos, foi esta a primeira.
     Já tinha ido ao Ribeiro de Baixo várias vezes a trabalho. Sempre que olhava para a montanha que se encontra em frente, pensava eu, “estas a desafiar-me, mas um dia ainda te vou subir”.
     Esse dia chegou no 25 de Agosto de 2002. Foi um bocado difícil convencer alguns amigos, eles não conheciam a montanha, nunca estiveram no Ribeiro de Baixo. Este lugar está 11km de Castro Laboreiro e não tem saída, ou se vai lá, ou não se vai.
     Como não havia o Google Earth, nem GPS, tive que me basear nos mapas topográficos do Exercito e das informações dos pastores locais. O que já tinha era máquina fotográfica digital.
     Começamos por seguir o caminho mais calcado, depois os caminhos de “Cabras” e por fim foi á “corta mato” (que foi a maior parte do caminho). Não sabia quanto tempo ia durar a caminhada, nem se conseguiria chegar ao topo, nem quantos kms seriam, por isso saímos de manhã cedo.
     A paisagem era espectacular apesar de haver nuvens baixas. Passado algumas horas chegamos ao marco geodésico a 1163 metros de altitude. A ponte sobre o Rio Laboreiro por onde passamos para Espanha está a 550 metros, tínhamos subido bastante. Algum dos meus amigos já estava arrependido de ter vindo, apesar de gostar muito da paisagem (do cimo do monte apreciasse o estuário da barragem do Lindoso), a dificuldade era descer a “corta mato” para o Ribeiro.
     Foi uma caminhada animada, uma caminhada à sorte onde tivemos que voltar atrás varias vezes, onde tivemos que parar muitas vezes para descansar (nem todos tínhamos alguma preparação física), enfim, algumas anedotas, algumas discussões pela escolha do trajecto, com tudo isto ficou a promessa para voltarmos a fazer a mesma caminhada um outro dia com melhor tempo.


Blacbay