CABECERA IMAGENES

BTT - MEIA MARATONA de MELGAÇO


Percurso- Meia Maratona de Melgaço                                   Local- Melgaço
Itinerário- Melgaço, Roussas, Sta. Rita, Fiães, Lobio, Cavaleiro Alvo, Orjaz, Pomares, São Tomé, Alvaredo, Prado e Melgaço.
Partida- Largo Hermenegildo Solheiro (N 42º 06' 47''  W 08º 15' 34'') às 8h52m
Data- Sábado 18 de Março 2017                                          Distancia- 42km
Dificuldade          Física- Media/Baixa       Técnica- Baixa     Circular- Sim
Tempo (horas)
Saída- 13h58m    Chegada- 18h13m         Duração- 4h15m 
Velocidade         Media Total- 9,88km/h  Máxima- 53km/h
Altitude (metros)
Máxima- 763       Mínima- 45          Desnível- 718            Saída/Chegada- 185
Positivo- 1.206    Negativo- 1.223   Desn. Max.- 18,20%   Desn. Min.- 17,84%
GPS Garmin Oregon 600      Nº de pontos- 5079      Intervalo de gravação- 3
Programa de análise de dados- CompeGPSLand/SportTrack
Indice IBP- 122 MTB (Dificuldade do Percurso)                   Indice Fit- 45 (Condição Física) 
Condições Atmosféricas- Céu limpo e temperatura agradável.
Pontos de Interesse- Vila de Melgaço, Rio Minho, Monumentos e Muita, Muita Paisagem Natural.
BTTistas- Blacbay (Mondraker Foxy R) – Roberto (Cannondale Scalpel 29’’)

Observar ou Descarregar o Percurso              Todas (139) as Fotografias Georrefenciadas

Fotografias do dia do evento, na primeira Rampa de Cimento





Primeiros metros pelas ruas de Melgaço.

Começamos a subir.

A primeira rampa, em cimento.

O Vale do Rio Minho com a Vila de Melgaço.

Primeira descida,

para cruzar o riacho.


Voltamos a subir.


Piscina com uma Paisagem incrivel.







Subida para Fiães.



Local onde se divide os Percursos.




Local onde se juntam os Percursos.

Descida para o Lugar de Lobio.


Lobio já ficou lá em baixo, nos continuamos a subir para Cavaleiro Alvo.



A Aldeia de Cavaleiro Alvo.

Continuamos a subir para Orjaz.


Cruzando o Lugar de Orjaz.

Inicio da descida para Pomares.



Cruzando Pomares.


Depois de uma pequena descida por asfalto, voltamos a subir.

Melgaço ao longe.


Subida para o Marco Geodésico de Cousso.


Não eramos os unicos por estes Caminhos.




Chegamos a St. Tomé, agora seria praticamente sempre a descer até ao Rio Minho.

Aqui desviamo-nos uns metros do Percurso para carregar agua.

Sempre a descer.








A pedalar pela margem do Rio Minho.


Cruzando o Riacho.




Ultima descida.

Subida final, mais uma rampa em cimento.


Entrando na Vila de Melgaço.

Chegada.

   No dia da Prova não podia estar presente, então fui realiza-la no dia anterior, já com todas as marcações feitas.
   O Roberto acompanhou-me, ele sim iria participar na Meia Maratona, assim foi reconhecer o Percurso.
   O Percurso teve praticamente uma subida, até ao Lugar de Orjaz, onde realizamos uma pequena descida para Pomares. Voltamos a subir, (pouco mais de 2km) para o Marco Geodésico de Cousso, onde iniciamos a descida até ao Rio Minho.
   Ainda passamos pela Capela de St. Tomé, pela Freguesia de Alvaredo até chegar a Remoães, as margens do Rio Minho.
   Os últimos quilómetros foram a subir para a Vila de Melgaço.
   Um Percurso fácil para nós, Caminhos com bom piso e sem qualquer terreno técnico.
   Nós não estamos habituados a tantas facilidades, Melgaço não é representado por estes Caminhos, a organização teve muito trabalho para acondicionar os Caminhos para esta Maratona.
   O Percurso tinha muito asfalto e muita terra batida, terreno apropriado para Maratonistas, não para BTTistas que estão habituados a Trilhos de Monte, a ter que utilizar a técnica, para subir e para descer.
   Havendo muitos Caminhos e Trilhos espetaculares a poucos metros do Percurso, foi uma pena os Participantes não os conhecerem.

   Foram 42km que serviram para treinar.


Dados IBP.
Blacbay