CABECERA IMAGENES

TRAIL - 1/2 TRILHO da PENEDA


   Aproveitando o Nevão que caiu entre Sexta e Sábado, fomos fazer um treino para Castro Laboreiro.

   Tivemos que subir até ao Planalto Castrejo para encontrar a Neve, mas mesmo superando os 1.200 metros de altitude, apenas encontramos alguns restos e já a derreter.
   Praticamente sem Neve, com chuva e vento, muito Nevoeiro onde não havia paisagem, abandonamos o Planalto depois de correr uns 3km pelos arredores da Branda dos Portos.
   Como não havia Neve suficiente para divertir-nos, decidimos então ir a procura de água.   Como a Neve estava a derreter muito rápido teria que haver muita água, fomos averiguar como estaria a Cascata da Peneda.
   Chegamos a Peneda e a Cascata estava normal, com caudal suficiente para ver a Maravilhosa queda de água. Confiávamos que houvesse mais volume de água, mas mesmo assim fomos subir o Trilho da Peneda.
   O Trilho estava limpinho, entre o incendio do Verão passado, a água das chuvas e da Neve, as pedras estava bem lavadinhas e escorregadias também.
   Começamos a subir a ouvir o som da água a cair pelas rochas, não resistimos, deixamos o Trilho e fomos a procura desse som.
   O Monte queimado facilitou-nos a aproximação à Cascata. É um espetáculo ver o Santuário da Nossa Senhora da Peneda lá em baixo, com a quantidade de água a cair sobre ela.
   Voltamos ao Trilho definido, continuamos a subir para a represa da Peneda. Estava totalmente cheia, teve obras de manutenção, agora a agua apenas saía por duas ranhuras, não por vários buracos da parede, como antigamente.
   Com este melhoramento na represa, conseguem controlar a quantidade de água que libertam para o Riacho, fazendo com que a Cascata tenha um Caudal regular.
Já há vários anos que não via a represa com tanta água.
   Continuamos a subir pelo Trilho até chegar ao ponto a mais altitude, a 1.100 metros.
   Aqui demos a volta, começamos a descer, passamos novamente pelo Lago da Peneda.   Descemos todo o empedrado devagar, pois estava muito escorregadio.
   Este Trilho completo já o realizei varias vezes, mas a chover tem mais encanto, a água a aparecer por todos os lados é um espetáculo. O grande desnível que tem os primeiros metros, num quilómetro subimos/descemos quase 300 metros, concentra muito cursos de água.
   Foram apenas 7km, mas disfrutamos imenso.

Fotografias Georreferencidas- Blacbay (121) - Robiin (104)

Fotografias e Video dos 3km que realizamos pela Branda dos Portos.

Vídeo da nossa aventura pelo Trilho da Peneda.



Início da Subida, desde o Santuario da N. S. da Peneda.

A Cascata estava linda.


Nos primeiros metros subimos pelo Trilho todo empedrado.


A Rocha da Meadinha toda molhada.

Abandonamos o Trilho para ir admirar a fabulosa Cascata a cair sobre a Peneda.

A conduta de agua que vem desde a represa.

Passagem que não é para todos.

A Peneda lá em baixo.





Continuavamos a subir junto as Cascatas.


Subida com muito desnível.




Voltamos ao Trilho.

Cruzamos o Riacho para a outra margem.



Chegamos a Represa, este ano esta a transbordar.


A Pedra continua dentro do Lago.


Começou a chover, tivemos que nos abrigar melhor.





Continuamos a subir pelo Trilho da Peneda.




Ainda encontramos alguma Neve.

O Ponto a mais altitude do nosso Percurso, ao fundo ainda se vê o Lago.

Agora seria sempre a descer até a Peneda.







Voltamos a cruzar a Represa.

Esta é a agua que abastece a Cascata.


Sempre a descer até a Peneda.












Final do Percurso, as escadas do Santuario da Peneda.


O Final do Treino.


Dados IBP.
Blacbay

No hay comentarios:

Publicar un comentario